Governador diz que ’em guerra’ índio que defende demarcação seria fuzilado


20 abr 17 - 7:12 am      |      curado em: 20 Apr
via www1.folha.uol.com.br

A demissão na manhã desta segunda-feira (17) do secretário do Índio de Roraima, Dilson Ingarikó, 42, sob a alegação de ele ser defensor de demarcações de terras indígenas, gerou uma troca de acusações entre ele e o governador interino do Estado, Paulo Quartiero (DEM).


>>> visite a publicação original em   http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/04/1876729-governador-diz-que-em-guerra-indio-que-defende-demarcacao-seria-fuzilado.shtml

<<< VOLTAR AO TEMA
0 Comentários

Envie uma Resposta

©2017 Direitos Reservados :: powered by NetNexus   ::   Termos de Uso   ::   Fale Conosco  ::  Cadastre-se

Fazer login com suas credenciais

Ainda não é registrado?     

Esqueceu sua senha?

Create Account